Nos últimos três anos, período em que a crise na economia nacional se agravou, devido à política equivocada do governo anterior, a opção por esses modelos é notável. No Sistema de Consórcios, a comercialização de cotas para aquisição de veículos usados está crescendo acima da de veículos novos, desde 2012.

A diferença passou de 15.502 naquele ano para 24.566 em 2016. Já a de carros novos caiu de uma média mensal de 13.160 para 8.839 este ano.

Saiba porquê:

http://blog.abac.org.br/drops-de-mercado/consorciados-optam-mais-pelo-carro-usado

Crescem as vendas de carros usados e seminovos pelo consórcio