Com o fim do Finame PSI, linha de crédito do BNDES (banco estatal do fomento) que impulsionou as vendas de caminhões nos últimos anos, transportadoras estão usando consórcios para renovar a frota.

No primeiro bimestre deste ano, as vendas de novas cotas aumentarem 10%, chegand a 54,8 mil contratos. “Os empresários buscam deixar o dinheiro rendendo e fazer o investimento quando for mais oportuno”, disse o presidente da Abac (associação das administradoras de consórcio), Paulo Roberto Rossi.

Leia a notícia completa, clique abaixo:
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/04/1757484-sem-credito-consorcio-de-caminhoes-cresce-nas-frotas.shtml

Fonte: Folha de São Paulo

Sem crédito, cresce procura por consórcio de caminhões