Os trabalhadores que pretendem utilizar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para a compra da casa própria devem ficar atentos a uma recente e favorável mudança nas regras: foram aumentados os valores máximos de avaliação do imóvel.

A Resolução do Conselho Monetário Nacional nº 4.537, de 24/11/2016, alterou o valor máximo de avaliação do imóvel para uso do FGTS. Agora, podem ser adquiridos com recursos desse fundo imóveis de até  R$ 950 mil em Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal, e de até R$ 800 mil nos demais estados. Antes, os valores eram R$ 750 e R$ 650 mil, respectivamente.

Os trabalhadores que fazem parte do Sistema de Consórcios podem utilizar o FGTS para: 1) oferta de lance; 2) complementação da carta de crédito; 3) pagamento de parte das prestações; e 4) pagamento de parte da dívida (amortização extraordinária) ou liquidação de saldo devedor.

Para saber como utilizar o FGTS para aquisição da casa própria, leia o post Como usar o FGTS no consórcio de imóvel residencial (parte I).

Caso já tenha sido contemplado e adquirido o imóvel, leia o post Como usar o FGTS no consórcio de imóvel residencial (parte II) para saber como pagar parte das prestações, amortizar a dívida ou liquidar o saldo devedor do seu consórcio com o FGTS.

O FTGS no consórcio

De janeiro a dezembro deste ano, foram utilizados R$ 97,15 milhões das contas do FGTS no consórcio de imóveis. Dos 2.617 consorciados que usaram esse recurso, 43% adquiriram imóvel residencial, pronto ou em construção, e 57% amortizaram ou quitaram sua dívida com a administradora de consórcios. Os dados são da Gerência Nacional Passivo do FGTS (GEPAS).

Sobre o consórcio de imóveis

A compra de imóveis é uma das várias possibilidades do consórcio. Nele, várias pessoas se unem em grupos fechados com a finalidade de formar uma poupança única, destinada à compra de imóvel, dentro de um prazo determinado. Somando as contribuições de todos os participantes do grupo, são distribuídos créditos, por sorteio ou lance, que permitem que cada participante compre seu imóvel até o fim do prazo do grupo.

O consórcio de imóveis permite a aquisição dos mais variados tipos de imóveis, desde a casa própria, até aquela a sonhada casa na praia ou no campo. É possível até mesmo adquirir imóveis na planta ou em construção, terrenos, além de realizar reformas. O consórcio de imóveis pode atender a planos pessoais, familiares e até empresariais.

Mudança nas regras de uso do FGTS para compra de imóveis